A revelação do Profeta sobre o uso do Nome da Igreja

O Presidente Russell M. Nelson, Presidente da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias fez uma declaração ontem a respeito do nome da Igreja. Ele disse:

“O Senhor tem revelado a minha mente a importância do nome que Ele revelou para Sua Igreja, a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Temos trabalho a nossa frente para estarmos em harmonia com Sua vontade. Algumas semanas atrás, diversos líderes e departamentos da Igreja começaram a dar os passos necessários para isso. Informações adicionais sobre este importante assunto será disponibilizado nos próximos meses.”

Essa mensagem do profeta trará mudanças nos sites e impressos da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Nos próximos meses, sites e materiais da Igreja serão atualizados para refletir a instrução dada pelo Presidente Nelson.

Edifício Mórmon

O verdadeiro nome da Igreja

Em 2011 o Presidente Russell M. Ballard, que hoje é o Presidente interino do Quórum dos Doze Apóstolos ensinou numa Conferência Geral:

“Vamos criar o hábito (…) de deixar claro que A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é o nome pelo qual o próprio Senhor instruiu que devemos ser conhecidos.” (“A importância de um nome”, Conferência Geral outubro de 2011)

Esse, de fato, é o nome da Igreja, dado na seção 115 de Doutrina e Convênios, pelo próprio Senhor:“Pois assim será a minha igreja chamada nos últimos dias, sim, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias” (versículo 4).

Comentando sobre a revelação deste nome, o Presidente Boyd K. Packer explicou que:

“Obedientes à revelação, chamamo-nos de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, e não a Igreja Mórmon” (“Guiados pelo Santo Espírito”, A Liahona, maio de 2011, p. 30).

O significado de cada parte do nome

Sei que o nome da Igreja é grande. Muitos de nós, membros da Igreja, somo tentados a abreviá-lo – e como muitas pessoas nos conhecem como “mórmons”, por cremos no Livro de Mórmon, acabamos nos conformando com este apelido. Mas o Senhor através de seus Profetas tem nos incentivado a usar o nome completo da Igreja. Cada parte do nome da Igreja tem relevância. O Presidente Ballard explicou:

“A palavra A indica a posição exclusiva da Igreja restaurada entre as religiões do mundo.

As palavras Igreja de Jesus Cristo declaram que ela é Sua Igreja. (…)

Dos Últimos Dias explica que é a mesma Igreja que Jesus Cristo estabeleceu em Seu ministério mortal, mas que foi restaurada nestes últimos dias. Sabemos que houve um afastamento da verdade, ou apostasia, tornando necessária a Restauração de Sua Igreja verdadeira e completa em nossos dias.

Santos significa que seus membros O seguem e se esforçam para fazer Sua vontade, guardar Seus mandamentos e preparar-se novamente para viver na presença Dele e de nosso Pai Celestial no futuro. Santo refere-se simplesmente ao que procura tornar sua vida santa, fazendo o convênio de seguir a Cristo.”(“A importância de um nome”, Conferência Geral outubro de 2011)

A importância de usarmos o nome da Igreja

A Primeira Presidência pediu em uma carta de 23 de fevereiro de 2001:

“O uso do nome revelado, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (…), é cada vez mais importante em nossa responsabilidade de proclamar o nome do Salvador no mundo todo. Por esse motivo, pedimos que, ao referir-nos à Igreja, usemos seu nome completo, sempre que possível.”

O Presidente Ballard comentou:

“Pensem só no impacto que podemos exercer simplesmente ao responder usando o nome completo da Igreja, como o Senhor declarou que devemos fazer. E, se não puderem imediatamente usar o nome completo, pelo menos digam: “Pertenço à Igreja de Jesus Cristo” e depois expliquem o termo “dos santos dos últimos dias”. (“A importância de um nome”, Conferência Geral outubro de 2011)

compartilhar o evangelho

A palavra “Mórmon”

A palavra Mórmon vem do Livro de Mórmon. Mórmon foi um dos profetas mencionados no livro – um dos escritores do Livro. De fato, ele foi o principal escritor e compilador. E por cremos no Livro de Mórmon, as pessoas nos chamam de mórmons.

Presidente Ballard ensinou:

“Embora mórmon não seja o nome correto e completo da Igreja e tenha originalmente sido dado por nossos detratores nos primeiros anos de perseguição, ele tornou-se um apelido aceitável, quando aplicado aos membros, em vez da instituição. Não precisamos parar de usar o nome mórmon, quando adequado, mas devemos continuar a enfatizar o nome completo e correto da Igreja propriamente dita. Em outras palavras, devemos evitar e desencorajar o termo “Igreja Mórmon”.  (“A importância de um nome”, Conferência Geral outubro de 2011)

Revelação do Profeta

Vivemos numa época maravilhosa, com profetas vivos. O Presidente Russell M. Nelson é vigoroso e tem revelado a mente e vontade de Deus. Para os que tem percepção espiritual as palavras do profeta não foram insignificantes. Ele disse que o Senhor tem mostrado a ele a importância de  usarmos o nome completo da Igreja. Disse ainda que “temos trabalho (…) para estarmos em harmonia com Sua vontade”.

Agora os líderes e departamentos da Igreja estão trabalhando para seguir a orientação do profeta. Mudanças em materiais e conteúdos oficiais devem ser anunciadas.

É uma bênção vivermos numa época em que os profeta revelam a vontade de Deus, e que podemos trabalhar para cumprir a vontade dele.

 

Histórias da vida do Presidente Russell M. Nelson

The post A revelação do Profeta sobre o uso do Nome da Igreja appeared first on Mormonsud.net.

O post A revelação do Profeta sobre o uso do Nome da Igreja apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *