A doutrina do Sacramento – a Ceia do Senhor

Por Walfrido Neto

Para os santos dos últimos dias, a palavra sacramento refere-se à ordenança de tomar o pão e a água em memória do sacrifício expiatório de Cristo. O pão partido representa o Seu corpo quebrantado; a água representa o sangue que Ele derramou para expiar os nossos pecados (1 Cor. 11:23–25; D&C 27:2). Quando os membros dignos da Igreja tomam o sacramento, eles prometem tomar sobre si o nome de Cristo, lembrar-se sempre Dele e guardar os Seus mandamentos. Nesta ordenança os membros da Igreja renovam os seus convênios batismais.

Nesta matéria iremos tratar de curiosidades doutrinárias, formalidades e situações no qual todos nós já passamos ou iremos passar, como membros da Igreja de Jesus Cristo e todas as respostas foram extraídas dos Manuais da Igreja de Jesus Cristo. Desde já, minha intenção é apenas informar, utilizando de alguns casos hipotéticos para ajudar na compreensão desta ordenança vital para os membros da Igreja.

Renovação de Convênios

O Élder Delbert L. Stapley, ensinou ao dizer o seguinte sobre os convênios:

“O evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo é um convênio entre Deus e Seu povo. Quando somos batizados por um servo autorizado de Deus, fazemos o convênio de seguir a vontade do Senhor e obedecer a Seus mandamentos. Ao tomarmos o sacramento renovamos todos os convênios que fizemos com o Senhor e fazemos a promessa de tomar sobre nós o nome de Seu filho, sempre nos lembrar Dele e guardar Seus mandamentos”.

Este ensinamento, foi reverberado na Conferência Geral em abril de 2006, pelo Élder L. Tom Perry do Quórum dos doze Apóstolos. Podemos observar que ao tomar o Sacramento dignamente, renovamos “todos” os convênios que fizemos com o Senhor, inclusive os convênios realizados nos Templos. Convênios estes que são lembrados e perguntados pelo Bispado (Presidência do Ramo) e Presidência da Estaca (Presidência do Distrito) quando vamos obter ou renovar uma recomendação para o Templo. Então todo domingo, ao tomar o Sacramento, estamos renovando tais convênios, além dos apresentados pelos Missionários de Tempo Integral o qual nos qualificaram para o batismo. (D&C 20:37)

sacramento nos torna santos

Reunião Sacramental e o Sacramento

O ápice da Reunião Sacramental é a ordenança do Sacramento, para a renovação de Convênios acima citado. Mas há exceções no qual os irmãos possam tomar o Sacramento fora da Reunião Sacramental. No Manual Geral de Instruções Vol. 2 ítem 18.2 encontramos o seguinte:

“Serviço Sacramental em Situações Incomuns”

Todos os membros necessitam das bênçãos espirituais que advêm de tomar o sacramento. Se os membros não puderem assistir à reunião sacramental por estarem restritos à moradia, em casa de repouso ou hospital, o bispo pode designar alguns portadores do sacerdócio para preparar, abençoar e ministrar o sacramento a esses membros.

Ocasionalmente os membros podem ficar impossibilitados de assistir à reunião sacramental devido à distância até a capela. Em situações incomuns, o bispo pode ocasionalmente autorizar que o serviço sacramental seja realizado fora da capela. Ele só pode autorizar esse serviço dentro dos limites de sua ala. O membro que o bispo autorizar a realizar o serviço precisa ser portador do Sacerdócio de Melquisedeque ou ser sacerdote no Sacerdócio Aarônico, precisa também ser digno de abençoar e distribuir o sacramento. O portador do sacerdócio que dirigir o serviço informa o bispo após sua realização.

Quando os membros estiverem viajando ou residindo temporariamente fora de sua ala normal, devem esforçar-se sinceramente para assistir à reunião sacramental e às outras reuniões dominicais em uma ala ou um ramo da Igreja.

Os serviços sacramentais não devem ser realizados como parte de reuniões de família ou outras atividades ao ar livre.

O Caráter instantâneo dos Emblemas do Sacramento

O Pão do Sacramento, pode ser ingerido como alimento após a ordenança do Sacramento? Ou ele precisa ser imediatamente descartado?

O manual intitulado, “Guia da Família, As Ordenanças e Bênçãos do Sacerdócio, O Sacramento” responde de forma clara e direta sobre esta questão.

“O sacramento deve ser retirado da mesa o mais rápido possível após a reunião. Caso reste algum pedaço de pão, ele poderá ser utilizado como alimento.”

Não há problema algum ver crianças, jovens e adultos comer a sobra de pães após a Reunião Sacramental, diferente do Óleo Consagrado para benção de enfermos e aflitos, pois este sim, é consagrado e não deve ser mais utilizado para alimento.

Se um irmão alegar não ter chegado a tempo na Sacramental para tomar o Sacramento, e pedir aos Sacerdotes que estiverem retirando as bandejas para somente lhe dar(em) o pão e a água? O que fazer neste caso?

Devemos lembrar da formalidade da ordenança, caso isto aconteça, estes irmãos que chegaram atrasados, se enquadram no “Serviço Sacramental em Situações Incomuns”, havendo a necessidade do Bispo autorizar e pedir que portadores do Sacerdócio possam abençoar e ministrar o Sacramento, pois os mesmos não participaram das Orações Sacramentais. Caso contrário, era somente pegar os pães e água abençoados e levar para os restritos à moradia, em casa de repouso ou hospitais. Portanto é imprescindível que os irmãos participem das orações sacramentais, para renovarem seus convênios.

Como disse no início desta matéria, minha intenção é somente de informar sobre curiosidades doutrinárias, formalidades e situações no qual todos nós já passamos ou iremos passar, como membros da Igreja de Jesus Cristo utilizando de casos hipotéticos. Sem intenção de deixar em evidência os ungidos do Senhor, que Servem voluntariamente nesta nobre causa, que é: Levar a efeito a imortalidade e vida eterna do homem.(Moisés 1:39) com as chaves que lhe são conferidas e todos nós somos grandemente abençoados por isso.

Fontes: GEE, Manual de Intruçãos Vol. 2, Guia da Família, A Liahona 2006.

 

Este Artigo foi escrito por Walfrido Neto

The post A doutrina do Sacramento – a Ceia do Senhor appeared first on Mormonsud.net.

O post A doutrina do Sacramento – a Ceia do Senhor apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *