Deus quer que você pergunte novamente

Na escola, você perguntava várias vezes, até entender algo não era? E por que você acredita que com o Pai Celestial não pode ser da mesma forma? Você pensa que Ele está farto de ouvir suas perguntas e que não irá respondê-las? Esse pensamento é contrário às escrituras.

As escrituras estão repletas de exemplos sobre como buscar as respostas e elas não nos falam que há um limite para perguntar a Deus.

Talvez a escritura que logo nos vem à mente, com relação a perguntar a Deus, é a de Tiago 1:5 que diz: “E se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, sem repreensão, e ser-lhe-á dada.” E em nenhum momento, há um número limitado de vezes que podemos perguntar a Deus! Podemos perguntar sempre!

Ter dúvidas é algo natural. Em um discurso, o Élder Uchtdorf ensinou:

“É natural ter dúvidas — a semente da dúvida sincera, com frequência, brota e amadurece até se tornar uma grande árvore de conhecimento. Há poucos membros da Igreja que, em uma ocasião ou outra, não se debateram com dúvidas sérias ou delicadas. Um dos propósitos da Igreja é nutrir e cultivar a semente da fé, mesmo que às vezes seja no solo arenoso da dúvida e da incerteza”.

O inimigo quer nos fazer acreditar que não somos dignos de falar com o Pai Celestial e buscar respostas, mas isso é uma mentira de Satanás. Não importa quem tenhamos sido, ou o que tenhamos feito, se buscarmos o caminho reto novamente, poderemos obter as respostas para nossas perguntas. Não há abismo tão profundo que Deus não possa alcançá-lo.

Outra escritura que pode nos ajudar a ver a magnitude dessa bênção é a escritura de Mateus 7:7 que diz:

“Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.”

E que aqui, novamente, vemos que podemos buscar e encontraremos e não há limites para essa busca. Não há um número máximo de vezes que o Senhor irá nos responder – Ele sempre irá nos responder.

O ato de perguntarmos novamente mostra a Deus o quão nossa confiança está alicerçada em Seu Evangelho. Nós mostramos confiança e fé em Deus, a cada vez que decidimos confiar Nele ao invés de confiarmos em nossa própria sabedoria e entendimento.

O Élder Hugo Montoya, dos Setenta, nos ensinou que:

“Até mesmo árvores grandes podem sucumbir a fungos invisíveis. O mesmo acontece com a fé — se deixarmos a dúvida crescer, ela pode apodrecer as raízes espirituais até nos derrubar.”

Não precisamos lutar contra as dúvidas, elas nos fazem crescer. No entanto, não podemos dar um lar a elas! Elas devem estar de passagem e não permanentemente. Mesmo que já tenhamos procurado a Deus anteriormente, podemos fazê-lo novamente e por mais quantas vezes for necessário.

mente

Assim como nossos pais nos ensinaram várias coisas, repetidas vezes até que aprendêssemos o Pai Celestial também o faz.

Em Lucas 11:11-13, podemos ler:

“E qual o pai dentre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente?

Ou também, se lhe pedir um ovo, lhe dará um escorpião?

Pois se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o nosso Pai Celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?”

Deus quer que perguntemos quantas vezes for necessário.

As palavras do hino “Peça a Deus” da Mutual de 2017 é sempre atual e válida:

Quando duvidar pergunte

Pra resposta então ouvir

Quando Dele precisar

É só a mansa voz seguir

Ele vai estender a mão

E toda dor aliviar

Se a verdade quer saber

Peça a Deus

Relacionado:

Quando Deus não respondeu minha oração sobre a veracidade do Livro de Mórmon

 

The post Deus quer que você pergunte novamente appeared first on Mormonsud.net.

O post Deus quer que você pergunte novamente apareceu primeiro em Portal SUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *